Netflix sobre censura ao Porta dos Fundos: “Vamos lutar”

O serviço de streaming emitiu comunicado comentando a decisão da Justiça carioca em tirar do ar o especial de Natal

atualizado 09/01/2020 15:36

Especial do Porta dos FundosDivulgação

A Netflix mudou de ideia sobre o caso de censura ao Especial de Natal do Porta dos Fundos. Inicialmente, o serviço disse que não iria se manifestar, porém, nesta quinta-feira (09/01/2020), enviaram um breve comunicado à imprensa.

“Nós apoiamos fortemente a expressão artística e vamos lutar para defender esse importante princípio, que é o coração de grandes histórias”, diz o comunicado da Netflix.

Segundo o Metrópoles apurou, a Netflix ainda não foi notificada da decisão da Justiça do Rio de Janeiro. Até a publicação desta matéria, o conteúdo seguia disponível para os assassinantes da plataforma.

Nesta quinta-feira (09/01/20120), a Justiça do Rio de Janeiro, por meio de decisão do desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível, determinou que a Netflix e a produtora Porta dos Fundos retirem do ar o Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo.

Últimas notícias