Sete revelações musicais de 2020 que valem a pena conhecer

Pop, rap, funk, forró ou sertanejo: nem a pandemia da Covid-19 foi capaz de parar o aquecido mercado fonográfico brasileiro

atualizado 19/11/2020 20:19

Julia Joia Instagram/Reprodução

Parte da indústria do entretenimento, o mercado fonográfico não parou durante a pandemia da Covid-19. Com o auxilio luxuoso das mídias digitais, artistas brasileiros continuaram mostrando seu talento ao mundo. Do rap ao funk, passando pelo forró e sertanejo, os ritmos mais executados nas rádios e plataformas de streaming do país ganharam novos representantes em 2020.

O Metrópoles escolheu sete nomes da nova geração da música brasileira que valem a pena conhecer: confira!

Davi & Thiago

Recém-formada, a dupla Davi & Thiago, composta por irmãos, vem emplacando um sucesso atrás do outro. Após ultrapassarem a marca de 1,4 milhão de views no YouTube com o hit A Cada Cleck, os sertanejos lançaram outras três canções em sequência: Daqui Pra Frente É Só Pra Trás, Filho Caseiro e Eu Prefiro.

As músicas fazem parte do repertório Essência EP1, disponível em todas as plataformas digitais. Os cantores estão empolgados com a boa repercussão do projeto de estreia, que conta com a participação de nomes como Wesley Safadão e Matheus & Kauan. “Começamos com o pé direito, de forma muito especial”, disse Davi. “Logo já chegará o segundo EP e nossos fãs conhecerão todas as faixas deste DVD incrível. Além do que, estamos focados em 2021, em março teremos grandes novidades”, completa Thiago.

Julia Joia

A cantora e compositora Julia Joia estreou nova fase da carreira em 2020. Com pegada mais pop e  apoio da Warner Music e Sonora Entretenimento, a artista acaba de lançar o single Por Que Você Não Chega Em Mim?. A faixa é a primeira do seu próximo EP de trabalho, intitulado A Doce Despedida.

Para ilustrar essa transformação na sonoridade e no estilo, Julia apresenta um videoclipe animado e romântico com a participação do ator Pedro Novaes, filho dos veteranos Marcelo Novaes e Letícia Spiller.

Julia tem 19 anos e começou a cantar aos 11, na aula de musica da escola. Em 2018, ela lançou uma música em inglês para a irmã mais nova Helena, mas começou a carreira como cantora mesmo no ano passado.

Japinha

Lorraine Silva, conhecida como Japinha, nasceu no Rio de Janeiro em 2000. Sua carreira foi impulsionada após um vídeo viralizar na internet com um morador de rua bebendo, ouvindo sua música Romance Desapegado e mandando um recado para o ex-namorado, as imagens tomaram conta das redes sociais em poucas horas.

Em seguida ao episódio, lançou o clipe da música e chegou ao topo do YouTube com mais de 115 milhões de views em dois meses, chegando a segunda posição no TOP 100 da plataforma no Brasil e 67° no TOP 100 dos mais acessados do mundo. Convidada pelo empresário Gene Silvestre, Japinha agora é a nova vocalista da banda Conde do Forró, e, em menos de cinco meses vem conquistando o país.

Ruxell

O beatmaker Ruxell — que compõe o trio de produtores Dogz ao lado de Pablo Bispo e Sergio Santos — lançou seu primeiro álbum, batizado de Paz, Amor e Grave. O álbum mostra toda a essência e personalidade por trás da chancela de um dos maiores produtores musicais do Brasil e principais nomes da cena pop nacional.

O lançamento sai pelo Inbraza, selo pop da Som Livre em parceria com a Liga Entretenimento. A primeira aposta de hit é Tremelique, com participação de Lexa e MC WM nos vocais. Um beat envolvente, que mistura influências de ritmos como pop, reggae e o groove característico das produções do Ruxell.

O álbum também é composto por outros nomes de peso como IZA, Gloria Groove, Di Ferrero, Rincon Sapiência, MC Rebecca, Jerry Smith, Psirico, Kafé, BRAZA, entre outros.

Luiz Henrique & Léo

Representantes do sertanejo universitário, a dupla Luiz Henrique & Léo acaba de ultrapassar a marca de 2 milhões de visualizações no YouTube com Bem Te Vi. Lançado no final de 2019, o single ganhou nova roupagem este ano no EP Fogueira.

O álbum de estreia, por sinal, já passa de 1 milhão de plays em todas as plataformas de streaming, liderado pelo hit Delete, que já chegou ao bloco TVZ Experimente, do Multishow. Recentemente a dupla lançou o single Na Mesma Vibe, que caminha para o mesmo sucesso.

Dudu MC

O rapper capixaba Dudu MC, de apenas 17 anos, atualmente é um dos destaques da cena trap nacional. O jovem artista ingressou no movimento hip-hop aos 10 anos, no bairro Itararé, em Vitória (ES), por meio do Projeto Boca a Boca.

Em 2020 o talento de Dudu para as rimas tem sido amplamente reconhecido. Ao longo do ano o artista ultrapassou a marca de 1,5 milhão de views em duas canções, Calabasas e Party. Agora o rapper tenta repetir o feito com a recém lançada Baby Girl. Com pegada mais romântica, a música é fruto da parceria com Younk Vino  e chega a todas as plataformas digitais pela Som Livre.

Angelo & Angel

De origem humilde, os irmãos Angelo e Angel estão na estrada há quase 20 anos. O amor pela música vem de infância. Cresceram ouvindo sertanejo raiz e são grandes admiradores de Chrystian e Ralf, João Paulo e Daniel e Chitãozinho e Xororó. A dupla ganhou reconhecimento nacional ao participar do programa The Voice Brasil, da TV Globo, em 2013.

Mas foi só em 2020 que a carreira dos sertanejos começou a deslanchar. Em fevereiro lançaram o clipe e a versão remixada de 4G, que narra a dor de um amor perdido. No dia 02 de abril a música foi executada nas rádios brasileiras 1000x e ficou entre as 10 mais tocadas no país, segundo a Crowley. A canção, com mais de 1,8 milhão de visualizações no YouTube, faz parte do EP da dupla que saiu com seis faixas.

Mais lidas
Últimas notícias