*
 

Marcelo Ramos Junior, conhecido artisticamente como o DJ Junior Killa, morreu na madrugada de quinta (12/7) para sexta (13), aos 39 anos, após sofrer infarto fulminante.

O DJ trabalhou em várias formações importantes do rap, como GOG, Viela 17, DJ Jamaika e Provérbio X. Na música há mais de duas décadas, ele produziu 18 álbuns em seu próprio estúdio.

 

Dono de uma extensa coleção de vinis, o músico, nascido e criado em Ceilândia, desenvolveu ainda oficinas de hip-hop em presídios do Distrito Federal. Também psicólogo, trabalhou como coordenador do Cose (Centro de Orientação Socioeducativa), em Ceilândia Sul, levando música para crianças de baixa renda e em situação de risco.

Aos amigos e familiares, o velório do DJ Júnior Killa, será no sábado, na “Igreja Vivo por Ti” (QI 416 conjunto 02 lote 25/27 – Samambaia Norte). Velório de 9h às 14h. Sepultamento 15h no Cemitério de Taguatinga.

Nas redes sociais, personalidades do meio musical lamentaram a morte do DJ: