Orquestra do Teatro Nacional interpreta obra do romantismo francês

Sinfonia Fantástica, de Hector Berlioz, tem duração de uma hora em cinco movimentos

atualizado 07/06/2019 19:17

Vinicius Santa Rosa/Metrópoles

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS) executará a Sinfonia Fantástica, de Hector Berlioz, no concerto de terça-feira (11/06/2019), no auditório do Cine Brasília. Com uma hora de duração em cinco movimentos, a obra é considerada um marco do romantismo francês.

O maestro Cláudio Cohen, que vai reger o concerto, afirma que a peça “é uma obra de grande maturidade, que exige muito de nós. Há mais de dez anos que a orquestra não a toca, e muitos integrantes terão o seu primeiro encontro com esse marco do sinfonismo do século 19”.

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro – Sinfonia Fantástica, de Hector Berlioz
Terça (11/06/2019), às 20h, no Cine Brasília (Entrequadra 106/107 Sul). As portas serão abertas às 19h30. Entrada franca. Classificação indicativa livre

Últimas notícias