Naldo Benny defende que Anitta “não existiria sem ele”

O funkeiro concordou com Kamilla Fialho, ex-empresária de Anitta, e disse que ele foi o responsável por fazer do funk uma indústria

atualizado 05/08/2022 17:37

Divulgação/Globo

O cantor Naldo Benny concordou com a afirmação de Kamilla Fialho, ex-empresária de Anitta. Após ela defender a ideia de que o funkeiro abriu caminho para que a cantora fosse um sucesso internacional, Naldo disse que, de fato, a Poderosa não existiria sem ele.

Em entrevista ao Barba Cast, Naldo disse: “A Kamilla está muito certa quando coloca assim: ‘sem o Naldo, não existiria Anitta’. Eu fui o cara que virei o funk para o funk pop. Eu fiz o funk virar uma indústria, industrializei o gênero.”

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

“Em 2008, eu dava entrevistas dizendo: ‘vou ter uma casa em Miami, vou fazer uma carreira internacional, começando em Miami, para o público latino [que reside por lá]. A Anitta seguiu isso”, comparou o funkeiro, recebendo apoio de sua esposa, Mulher Moranguinho:

“Ele mostrou para a galera que veio depois dele que isso era possível. Não via [até então] um artista funk dizendo que queria levar o funk para o mundo, que ia fazer parceria com um artista internacional. Ele acreditou numa coisa que a galera do funk não achava que seria possível.”

Entenda

Em entrevista ao podcast Inteligência Limitada, Kamilla Fialho afirmou que “se Naldo não tivesse surgido, talvez a Anitta não viesse no mesmo embalo”.

“Naldo sempre teve uma cabeça voltada ao Pop. Ele é um anfitrião, foi ele quem virou a chave. Se ele não tivesse surgido, talvez a Anitta não viesse no mesmo embalo. Não existiam meninas ou meninos no funk com o balé no palco, esse tipo de coisa”, afirmou ela.

Mais lidas
Últimas notícias