Lily Lian, última cantora de rua de Paris, morre aos 103 anos

A música Lily Paname foi um dos grandes sucessos nas décadas de 1950 e 1960

lily lianReprodução

atualizado 25/05/2020 10:50

Considerada a última cantora de rua de Paris, Lily Lian morreu neste domingo (24/5) em um hospital de Paris, segundo informou seu afilhado, Michael Gautier, à agência France Press.

A música Lily Paname foi um dos grandes sucessos nas décadas de 1950 e 1960. Amiga do cantor e ator Maurice Chevalier, Lian passou à posteridade em duas fotografias do famoso fotógrafo Robert Doisneau.

Nascida em 1º de maio de 1917, Lily começou a cantar quando era criança. Na trajetória, ela teve contato com artistas como Edith Piaf, Tino Rossi, Maurice Chevalier e Yves Montand.

Em 1981, publicou suas memórias no livro Lady Paname, Memórias da Última Cantora de Rua.

Últimas notícias