*
 

A cantora canadense Céline Dion teve um início de ano dos mais penosos. Perdeu, em janeiro, no espaço de poucos dias, o marido e agente René Angélil e o irmão Daniel Dion, ambos de câncer. Meses depois, as mortes continuam a repercutir na carreira da artista. Ela voltou a cantar em francês no disco “Encore un Soir” e já adiantou seu próximo repertório em inglês pelo single “Recovering”, escrito por Pink.

Sempre no papel de intérprete, Céline ganhou “Recovering” como um presente de Pink. Uma reflexão de uma admiradora sobre seguir em frente. Mas o álbum “Encore un Soir” (“Mais uma Noite”, na tradução) decepciona ao revelar poucos contornos pessoais.

A cantora começou a carreira em 1981. Desde os anos 1990, divide a carreira entre CDs em francês e outros em inglês. “Encore” representa um passo menos ambicioso numa trajetória que teve como auge “My Heart Will Go On”, tema do filme “Titanic” (1997).

Sonoridade confortável e comportada
Com arranjos típicos do pop adulto – orquestrações misturando-se a timbres eletrônicos e acústicos –, Céline procurou se aproximar de pares franceses, como o produtor Jean-Jacques Goldman, autor da faixa-título. Na letra, surgem versos de despedida. “Mais uma noite / mais uma hora / mais uma lágrima de felicidade”.

Num espírito mais caseiro, Céline dá vitrine a composições de conterrâneos: “Ordinaire”, de Robert Charlebois, e Marc Dupré, autor de “Je Nous Veux” e  “Toutes ces Choses”.

Para fechar o disco, ela foi ainda mais longe: selecionou a canção “À la Plus Haute Branche”, de Daniel Picard, a partir de um concurso promovido por meio de seu site oficial. Mais de 4 mil faixas disputaram a chance de ganhar interpretação de Céline.

“Encore un Soir” à parte, as canções soam menos pessoais e urgentes do que o esperado. Em alguns raros momentos, Céline é capaz de arejar a sonoridade. “À la Plus” apega-se a acordes de piano e timbres de harmônica, por exemplo: um raro respiro entre músicas todas iguais. Por fim, o que se nota é uma artista plenamente segura no que faz e confortável com seu público de sempre.


“Encore un Soir” ainda não está disponível em versão física no Brasil

O disco pode ser ouvido na Google Play, iTunes e Spotify

 

 

COMENTE

música popceline dionEncore un soir
comunicar erro à redação

Leia mais: Música