*
 

O ditado popular já diz: “Filho de peixe, peixinho é”. Seguindo essa máxima, filhos de cantores sertanejos apostam na mesma carreira dos pais. Eles nasceram no mundo da música, ouvindo os progenitores cantarem, e conheceram as notas musicais antes mesmo de aprenderem a escrever. A história bem-sucedida de Sandy & Junior e Wanessa Camargo segue inspirando uma nova safra.

O Metrópoles apresenta artistas como Enzo Rabelo, Zé Felipe e a dupla Vitor & Vitória. Confiantes no próprio talento – e, claro, na popularidade dos antecessores para facilitar o início da jornada musical –, esses herdeiros de sertanejos sonham em alcançar o mesmo patamar de fama dos pais.


Enzo Rabelo

Com apenas 10 anos, Enzo Rabelo vem experimentando o gosto do sucesso – que o pai, Bruno, da dupla Bruno & Marrone, conhece tão bem. Sob a tutela do parente famoso, o menino gravou o videoclipe de Meio Caminho Andado. A faixa foi composta por Valéria Leão, filha de Fátima Leão, uma das compositoras de Dormi na Praça, primeiro hit da carreira de Bruno & Marrone, na década de 1990.

O vídeo ultrapassou 5 milhões de visualizações e tem ganhado novas versões, nas vozes de artistas como Whindersson Nunes e do forrozeiro Wesley Safadão. Enzo já integra a equipe do escritório do pai, o Worldshow Promoções e Eventos.

Vitor & Vitória
Filhos do cantor Edson, da dupla com o irmão Hudson, Vitor, de 16 anos, e Vitória, 18, tentam o sucesso desde a infância. Eles decidiram montar a dupla quando ainda tinham 7 e 9 anos, respectivamente. A ideia era conquistar os fãs saudosos da fase mirim de Sandy & Junior. Gravaram um CD e DVD homônimo, mas a carreira não vingou.

Agora mais maduros, eles investem em uma versão mais pop do sertanejo e divulgam o resultado do álbum mais recente, lançado em outubro de 2017, o DVD Vitor & Vitória Ao Vivo. O disco conta com parcerias com outras duplas, como Bruninho & Davi na faixa Santos ou Guarujá, e com a regravação de Dizem que Eu Mudei, de Edson & Hudson.

 

Zé Felipe
Foi durante a gravação de Leonardo 30 Anos, DVD de seu pai, que Zé Felipe subiu ao palco pela primeira vez. A apresentação foi um termômetro para o rapaz, na época com 16 anos, dar o pontapé inicial em sua trajetória no cenário sertanejo. De lá para cá, Zé Felipe vem vivenciando uma ascensão impressionante. Atualmente, é o mais bem-sucedido entre os filhos de sertanejos.

Com Saudade de Você, de 2014, o cantor alcançou quase 65 milhões de views no Youtube. Você Não Vale Nada, single lançado na sequência, mostrou a pegada funk do jovem goiano. A música teve participação de MC Menor e agradou aos fãs. O DVD de estreia só veio em 2017. O álbum, homônimo à música Na Mesma Estrada, foi uma homenagem à longa caminhada do pai. Na faixa, ele canta: “Vai na frente, que eu vou na mesma estrada”.

Deu errado
Nem sempre a tentativa tem êxito. É o caso da dupla Pedro & Thiago, composta pelos filhos dos cantores Leonardo e Leandro, respectivamente. Os goianos conquistaram alguma repercussão e chegaram a emplacar o hit Toque de Mágica nas rádios de todo o país em 2010. Porém, em 2013, a parceria chegou ao fim, após Pedro anunciar o desejo de investir na vocação de apresentador.

Aline Lima, filha do cantor Chitãozinho, também ensaiou uma carreira de cantora. Em 2014, a jovem anunciou sua estreia musical e até afirmou, em entrevistas, estar “preparada para as possíveis comparações com a prima famosa”. Lançou apenas uma canção, intitulada Papo Barato, em 2014, mas acabou desaparecendo da mídia.