César Menotti sobre piadas com o corpo: “Brinco com as minhas dificuldades”

O sertanejo e o irmão, Fabiano, fazem nova live neste domingo (9/8), a partir das 13h30, em celebração ao Dia dos Pais

atualizado 06/08/2020 6:09

César Menotti e FabianoInstagram/Reprodução

A dupla César Menotti & Fabiano ganhou novo fôlego durante a quarentena, graças ao sucesso de suas lives. Neste domingo (9/8), os sertanejos vão celebrar o Dia dos Pais com novo show on-line, às 13h30, com transmissão ao vivo realizada pelo YouTube. Como sempre, os irmãos apostam no bom humor para atrair o público. “Vocês viram o shortinho do Gusttavo Lima?, podem esperar que vem coisa pior por aí”, brincou César Menotti.

De acordo com os Menotti, o estilo brincalhão tem sido importante para renovar o público da dupla. “Tivemos crescimento expressivo nas redes sociais e vemos muitos jovens que nem acompanhavam o universo sertanejo nos seguindo, isso é muito gratificante”, afirma Fabiano.

Os irmãos celebram a comunicação informal com os fãs, que sempre levam na esportiva as piadas sobre alimentação e obesidade feitas, em especial, no perfil de César no Twitter. “Piada é uma coisa que não se explica e as pessoas têm entendido bem as nossas brincadeiras e não se ofendem. Mas eu também mostro minha rotina de exercícios, falo da importância de cuidar da saúde acima de tudo. Brinco com as minhas dificuldades, com as coisas que vivo. Nunca sofri preconceito”, explicou César Menotti, ao Metrópoles, durante entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (5/4).

Repertório

Para os cantores, outra grande sacada foi perceber o sentimento de nostalgia que tomou conta dos brasileiros durante a pandemia da Covid-19. “Nós temos uma história bem estruturada dentro do sertanejo e os fãs, em casa, começaram a sentir falta das nossas noitadas em Belo Horizonte. De ouvir os nossos sucessos do início da carreira. As pessoas querem ouvir os clássicos”, completa Fabiano.

Os mineiros acreditam que o formato das lives vieram para ficar, mesmo quando os eventos com público voltarem a acontecer. “Os grandes festivais podem vir a transmitir os shows ao vivo, mas nada substitui o palco e a proximidade com os fãs”, conclui Fabiano.

0

Últimas notícias