Bruno Cardoso reassume vocais do Sorriso Maroto: “Tive medo de morrer”

Cantor ficou afastado do grupo de pagode durante mais de seis meses devido a complicações cardíacas

Divulgação

atualizado 17/08/2018 16:30

O líder do Sorriso Maroto, Bruno Cardoso, fez a alegria dos fãs nesta sexta-feira (17/8). O cantor e compositor anunciou o seu retorno aos vocais do grupo, após mais de seis meses afastado dos palcos devido a um tratamento cardíaco ao qual teve de ser submetido.

Em um vídeo divulgado no canal do YouTube dos pagodeiros, o músico relembra como foram os 188 dias em que não pôde participar de nenhuma das apresentações da banda. “Foram 188 dias, seis meses,e mais de 27 mil minutos para repensar a vida, sentir saudades, conhecer com quem posso contar e para quem quero cantar”, disse o paulista.

 

0

 

Bruno foi diagnosticado com miocardite – uma inflamação no miocárdio, músculo do coração responsável pela contração do órgão e bombeamento do sangue. “Tive medo de morrer sim, mas me entendi, me reconstruí e me reergui”, revelou.

O artista agradeceu, ainda, o apoio dos companheiros e tranquilizou os fãs quanto ao seu atual estado de saúde. “A doença, essa não mais me pega. Estou mais forte, pudera. Estou aqui pra dizer a vocês: Que saudade”.

Últimas notícias