Memória Gugu Liberato: projeto divulga acervo do apresentador

Criado pela família do apresentador, o Memória Gugu Liberato terá registros da história da televisão

Gugu LiberatoDivulgação

atualizado 08/04/2020 17:27

Na próxima sexta-feira (10/04), Gugu Liberato completaria 61 anos. Em homenagem ao apresentador, que morreu em novembro de 2019, será criado o projeto Memória Gugu Liberato. A ideia é organizar o acervo deixado pelo comunicador para, no futuro, divulgá-lo em exposições e faculdades de jornalismo.

“O acervo reúne as peças que contam 40 anos de sua história. Esta foi uma preocupação de seus filhos e familiares, que decidiram olhar de forma profissional todos os elementos que marcaram a sua carreira. Para os objetos não ficarem apenas em caixas ou trancados em armários, foi feita uma parceria com a Vida em Ordem, uma empresa especialista em organizar acervos, bibliotecas, arquivos pessoais e profissionais, entre os muitos trabalhos realizados atuou no acervo do Comandante Rolim”, diz o comunicado.

Gugu Liberato
Gugu Liberato

O material reúne figurinos dos programas e projetos especiais, discos, produtos licenciados, fotos pessoais e profissionais e os quadros feitos com rolhas criados pelo apresentador. “Tudo será catalogado, registrado, tratado como preciosidade. Cartões recebidos de amigos como Silvio Santos, fotos do dia que recebeu Julio Iglesias em sua casa… uma infinidade de memoria”, explicam os responsáveis.

Apresentador, jornalista, ator, cantor, empresário e artista plástico, Gugu faz parte da história da TV brasileira. “Todo este acervo tem como objetivo, num futuro do próximo, criar uma mostra e oferecer gratuitamente para faculdades de jornalismo, inclusive a Casper Libero, onde ele se formou. Esse material ilustrará em detalhes a trajetória profissional de quem escreveu um capítulo importante da televisão”, conclui o aviso.

Últimas notícias