*
 

O paradoxo é grande, beira ao ridículo. Mas é a mais pura, crassa e hedionda verdade. Maior comunicador da televisão brasileira de todos os tempos, Silvio Santos é avesso a entrevistas. Motivo: segundo o eterno dono do Baú, numa das várias visitas aos EUA, uma cigana o teria alertado de que jamais fosse entrevistado, do contrário, morreria no dia seguinte.

“Não sou supersticioso, mas melhor não arriscar”, disse ao amigo Jô Soares, quando esse o assediou para que fosse a última personalidade a passar pelo seu talk show no SBT.

O tabu caiu por terra: o Patrão deu uma entrevista a Ricardo Valladares, que escreve uma biografia de Silvio Santos. A obra, prevista para 2018, sairá pela Companhia das Letras. O autor é antigo diretor do Conselho Executivo do SBT.

O mesmo privilégio não teve o escritor e acadêmico Fernando Morgado, quando sentou para escrever o livro: “Silvio Santos – A Trajetória de Um Mito” (Matrix Editora), que conta a história desse ícone da TV brasileira de uma maneira diferente.

Reprodução

Silvio Santos no auge da carreira

 

Professor de História da Televisão Mundial nas Faculdades Integradas Hélio Alonso (Facha), Rio de Janeiro, e um apaixonado por Silvio desde que se entende por gente. O autor reúne no livro mais de 360 declarações de seu ídolo pinçadas ao longo de 15 anos de pesquisa. Com isso, traça um panorama dos pontos de vista, pensamentos, curiosidades profissionais e pessoais de quase 70 anos de carreira do apresentador de 87 anos.

“A ideia do livro surgiu de um vazio que vi no mercado editorial, pois, antes do meu trabalho, fazia 17 anos do lançamento da última obra sobre ele. Havia, portanto, espaço para um livro sobre a história do animador com a independência de um escritor que nunca havia trabalhado no Grupo Silvio Santos”, explica Morgado em entrevista ao Metrópoles.

“Novo jeito de fazer biografia”
Deu certo. Dividido em cinco capítulos temáticos – Negócios, Artista, Dono de televisão, Política, Vida pessoal – a obra, pontuada por textos precisos sobre os assuntos abordados, ganhou admiração do próprio Silvio Santos, que ficou sabendo da publicação numa nota da Folha de São Paulo.

O animador gostou tanto que passou a fazer a divulgação do título em seus programas e nos intervalos comerciais do SBT. Resultado, da noite para o dia, “Silvio Santos – A Trajetória de Um Mito” virou um best-seller, com várias reedições realizadas e impulsionando o lançamento e relançamento de outros títulos sobre o apresentador. E não só isso, o dono do Baú fez questão de conhecer o autor pessoalmente.

“Foi indescritível o sentimento que tive ao ver os comerciais. Tamanha divulgação, toda ela de graça, foi decisiva para o sucesso da obra”, diz Morgado. “É um jeito novo de escrever biografia no Brasil. Através desse formato, foi possível contar a trajetória do Silvio com suas próprias palavras, ainda que sem ter tido acesso a ele”, destaca o autor.

Divulgação

 

“Silvio Santos – A Trajetória de Um Mito”. Fernando Morgado. Matrix Editora. R$ 39,90