*
 

A 34ª Feira do Livro de Brasília, que segue até 17 de junho, contou neste domingo (10) com a participação de Lázaro Ramos. Em apresentação, ao lado de Jorge Bittencourt e Heloísa Jorge, o ator e escritor musicou seus dois livros: “Caderno de Rimas de João” e “Caderno sem Rimas de Maria”.

Em um bate-papo, Lázaro contou que sua transição para a escrita fluiu de forma natural. Os assuntos de seu interesse transcendiam a atuação: por isso, a solução foi mudar a plataforma. “É mais emocional do que um foco de carreira”, conta.

Michael Melo / Metrópoles

Lázaro Ramos fala de seus projetos. Ao fundo, Jarbas Bitterncourt e Heloisa Jorge

 

Os dois livros da apresentação são baseados em seus dois filhos, João e Maria. O ator revela que as crianças, antes envergonhadas, atualmente vão às apresentações e levam amigos, falando orgulhosos sobre as obras.

Lázaro defendeu a variedade de cenários no audiovisual brasileiro. “Eu acho que o Brasil é diverso e esse é o nosso grande valor. Não vou falar só de novela. Olhar outras culturas e percepções torna o entretenimento melhor”.

Lázaro Ramos espera continuar lançando seus livros e tem expectativas com seu próximo filme: Beijo no Asfalto, dirigido por Murilo Benício, com estreia em novembro.