*
 

O apresentador Jô Soares aproveita o período sabático para escrever um livro sobre a própria vida. Segundo informações colunista Patrícia Kogut, de O Globo, a obra vai se chamar “Autobiografia Não Autorizada dos Outros” e vai sair pela editora Companhia das Letras.

Jô Soares deixou de apresentar programas na Globo em dezembro de 2016. O humorista, que tem contrato com a emissora até 2018, entrou em um ano sabático. A trajetória como entrevistador começou em 1988, no SBT, no programa “Jô Soares Onze e Meia”. Em 2000, ele estreou o “Programa do Jô”, na Globo. Ao todo, foram 28 anos de atrações diárias, com um total de 15 mil entrevistas.

Como escritor, Jô Soares publicou sete livros: “O Astronauta Sem Regime” (1985), “Humor Nos Tempos do Collor” (1992), “A Copa Que Ninguém Viu e a Que Não Queremos Lembrar” (1994), “O Xangô de Baker Street” (1995), “O Homem que Matou Getúlio Vargas” (1998), “Assassinatos na Academia Brasileira de Letras” (2005) e “As Esganadas” (2011).

 

 

COMENTE

jô soares
comunicar erro à redação

Leia mais: Literatura