*
 

Explorando obras de cerca de 500 escritores, a mostra Eu Leitor propõe ao público um mergulho no universo literário por meio de interação e tecnologia. A exposição abre no dia 26 de julho e segue até 23 de setembro, na Biblioteca Nacional de Brasília.

Com projeto expositivo criado pelos irmãos Adriano e Fernando Guimarães, a programação prevê projeções, imagens em 3D, vídeo mapping e outras intervenções. O circuito dos visitantes será dividido em seis núcleos temáticos: Mapa (história da escrita e do livro), Gesto (ato de escrever), Rumor (leitura), Escuta (recepção de um texto), Constelação (interação) e Alexandria (ambiente biblioteca).

Eu Leitor também recebe convidados na série de encontros batizada de O Livro da Minha Vida. Cristóvão Tezza, por exemplo, comenta sua relação com Lord Jim, de Joseph Conrad, enquanto Ana Miranda conversa sobre Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll. O casal Lucília Garcez, escritora, e Vladimir Carvalho, cineasta, debate Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa, e A Bagaceira, de José Américo de Almeida.

Confira a programação dos encontros de O Livro da Minha Vida:

Quinta-feira (2/8), às 19h
Ana Miranda. Livro: Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll

Sábado (4/8), às 17h
Cristóvão Tezza. Lord Jim, de Joseph Conrad

Quinta-feira (9/8), às 19h
Caetano Galindo. Livro: Ulysses, de James Joyce

Sábado (11/8), às 17h
Luiz Carreira. Livro: Ficções, de Jorge Luis Borges

Quinta-feira (16/8), às 19h
Martim Vasques da Cunha. Livros: O Paraíso Perdido e Paraíso Recuperado, de John Milton

Sábado (18/8), às 17h
Karleno Márcio Bocarro. Livro: Dom Quixote, de Miguel de Cervantes

Quinta-feira (23/8), às 19h
Lucília Garcez e Vladimir Carvalho. Livros: Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa, e A Bagaceira, de José Américo de Almeida

Sábado (25/8), às 17h
Rodrigo Lacerda. Livro: Viva o Povo Brasileiro, de João Ubaldo Ribeiro

Eu Leitor
De 26 de julho a 23 de setembro, na Biblioteca Nacional de Brasília (Setor Cultural Sul). Visitação de terça a domingo, das 9h às 19h. Entrada franca. Classificação indicativa livre