*
 

Em uma edição marcada pela polêmica, o Transborda Brasília 2018 se aproxima do fim. Nesta quinta-feira (1º), o catálogo da exposição será lançado no espaço A Pilastra (Guará II), com performance do grupo teatral Culto das Malditas a partir das 21h. O local estará aberto, de 2 a 10 de novembro, das 14h às 21h, para a visitação do acervo selecionado.

O fotógrafo Diego Bresani, ao inscrever a obra My Sweet President (“Meu doce presidente”, em português), um retrato de Jair Bolsonaro, teve a participação vetada durante os preparativos da mostra Transborda Brasília 2018. O retrato em questão foi feito para a revista GQ em 2014, republicada pela IstoÉ.

Por meio de nota oficial enviada ao Metrópoles, a Caixa confirmou que a obra não seria exposta “por cumprimento da Lei 9.504/97”, que diz respeito ao processo eleitoral. Ainda afirmaram que “os agentes públicos, são proibidos de veicular qualquer conteúdo relativo a candidatos durante os três meses que antecedem o primeiro turno das eleições”.

Dos 12 artistas que participam da exposição, Gu da Cei, Raquel Nava, Hilan Bensusan e Laura Fraiz-Grijalba foram os vencedores da edição.

Lançamento do catálogo Transborda Brasília 2018
1º de novembro, às 19h, no espaço A Pilastra (QE 40, Conjunto D, Lote 30, Guará II). Às 21h, performance do grupo teatral Culto das Malditas.
Exposição dos selecionados da mostra de 2 a 10 de novembro, das 14h às 20h.
Entrada franca. Não recomendado para menores de 18 anos