*
 

Conhecido pela veia independente, o Festival de Locarno, na Suíça, selecionou três filmes brasileiros. Um deles é o “Era Uma Vez Brasília”, do cineasta brasiliense Adirley Queirós. No filme, um agente intergalático recebe a missão de vir à Terra para matar o presidente Juscelino Kubitschek no dia da inauguração de Brasília

Outro trabalho escolhido foi “As Boas Maneiras”, de Juliana Rojas e Marco Dutra. No longa de terror, conta-se a história de uma criança com poderes especiais. Por fim, “Severina”, uma coprodução com o Uruguai dirigida por Felipe Hirsch, também participará do festival.

Os filmes, ainda sem data de estreia nos cinemas brasileiros, serão exibidos durante o festival entre os dias 2 e 12 de agosto deste ano.

 

 

COMENTE

Suíçafestival de locarnoadirley queirozEra Uma Vez Brasília
comunicar erro à redação

Leia mais: Cinema