*
 

Um dia após ser empossado presidente da República, Michel Temer volta a ser alvo de protestos em Brasília. Durante a sessão de estreia do filme “Aquarius”, no Cine Brasília, nesta quinta-feira (1/9), o peemedebista foi duramente criticado.

Nos créditos do filme, foi projetada a frase “Nada a Temer”. Na plateia, as pessoas gritavam “Fora Temer” e “Fora golpista”. Do lado de fora da sala de cinema, o grupo voltou a protestar contra o novo presidente

No lançamento do filme “Aquarius”, em Cannes, o elenco e o diretor do longa, Kleber Mendonça Filho, fizeram um protesto contra Michel Temer. Com cartazes, eles pediam a saída do, à época, presidente interino e denunciavam “um golpe de estado” no Brasil.

No filme, a atriz Sonia Braga interpreta Clara, uma crítica de música aposentada e viúva que briga com uma construtora para manter o prédio Aquarius a salvo da especulação imobiliária.

Lucio Flavio/Divulgação

Manifestantes protestam durante a exibição do filme

 

 

COMENTE

cine brasíliaaquarius
comunicar erro à redação

Leia mais: Cinema