*
 

Colin Trevorrow, diretor de “Star Wars: Episódio IX”, foi demitido do filme pela produção da franquia galáctica. A Lucasfilm, produtora da saga e subsidiária da Disney, anunciou a saída do cineasta nesta terça (5/9) por meio de nota oficial. Diferenças criativas pesaram na decisão. O longa ainda não começou a ser rodado e estreia em 23 de maio de 2019 no Brasil.

“Lucasfilm e Colin Trevorrow escolheram se separar de ‘Star Wars: Episódio IX. Colin foi um colaborador maravilhoso durante o processo de desenvolvimento, mas todos chegamos à conclusão de que nossas visões para o projeto diferem. Desejamos o melhor a Colin e daremos novas informações sobre o filme em breve”, diz o comunicado.

 

Segundo a “Entertainment Weekly”, rumores de desentendimentos entre Trevorrow e a Lucasfilm, chefiada pela produtora Kathleen Kennedy, circulam há meses. O roteirista Jack Thorne, da peça “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada”, foi contratado pela produção para reescrever o roteiro escrito a quatro mãos por Trevorrow e Derek Connolly, parceiro de longa data do cineasta.

Anunciado como diretor do “Episódio IX”, ainda sem título, em 2015, Colin Trevorrow estreou na ficção científica indie “Sem Segurança Nenhuma” (2012). Depois, comandou o blockbuster “Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros” (2015), filme do universo “Jurassic Park” que arrecadou US$ 1,6 bilhão nas bilheterias mundiais.

Presente no time de roteiristas de “Jurassic World”, ele também mantém participou do texto de “O Reino Está Ameaçado” (21 de junho de 2018). O novo longa de Trevorrow, “The Book of Henry”, nem de longe registra o mesmo sucesso: mal nas bilheterias e alvo de críticas negativas.

“Star Wars” x diretores jovens
A demissão de Trevorrow é a segunda a desestabilizar a Força num espaço de três meses. Em junho, Chris Miller e Phil Lord (“Uma Aventura Lego”, “Anjos da Lei”) foram demitidos do filme derivado de Han Solo por problemas com Lawrence Kasdan, roteirista do longa, e Kathleen. O veterano Ron Howard (“Uma Mente Brilhante”) foi escolhido para substituir a dupla.

Enquanto não há relatos de problemas entre J.J. Abrams (“Episódio VII – O Despertar da Força”) e Rian Johnson (“Episódio VIII – Os Últimos Jedi”) e a direção da Lucasfilm, outros cineastas jovens (e menos experientes) não tiveram a mesma sorte.

Os informes bizarros sobre o surto de Josh Trank (“Poder sem Limites”) no set de “Quarteto Fantástico” (2015) – ele cortou relação com os atores e se isolou em uma tenda – fizeram a Lucasfilm voltar atrás na ideia de contratá-lo para um dos derivados (ou spin-offs) da franquia.

Em 2016, “Rogue One – Uma História Star Wars”, o primeiro desses projetos paralelos à saga principal, teve cenas refilmadas meses antes da estreia. Ao que parece, as mudanças não contaminaram a relação entre produtores e o diretor Gareth Edwards (“Godzilla”).

 

 

COMENTE

star warslucasfilmstar wars episódio 9star wars episódio ixcolin trevorrow
comunicar erro à redação

Leia mais: Cinema