Cine Cultura cria campanha de ingressos para pagar funcionários

Espectadores podem comprar bilhetes por preço inferior ao da meia-entrada para usar quando as salas reabrirem

atualizado 08/04/2020 10:08

Como todos os outros cinemas do Brasil, o Cine Cultura Liberty Mall está fechado por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Para pagar despesas de manutenção e salários de 14 funcionários nesse período de paralisação, o espaço criou uma campanha de venda antecipada de ingressos. Detalhes e instruções se encontram no site oficial

Na ação De Volta Para o Futuro, bilhetes são vendidos em pacotes de dez unidades, pelo preço de R$ 150. Cada ingresso sai por R$ 15, abaixo do valor de meia-entrada praticado no Cine Cultura.

Após o pagamento, via transferência ou depósito bancário, o cliente recebe um voucher que poderá ser trocado por ingressos na bilheteria assim que o cinema suas quatro salas. As entradas valerão para qualquer filme, sessão e dia da semana.

Campanha do Cine Cultura Liberty Mall

“Foi através das redes sociais que alguns clientes sugeriram a campanha de venda antecipada de ingressos, como forma de apoio para que o cinema possa manter suas despesas básicas e os contratos com seus empregados durante a crise”, explica o Cine Cultura, em nota à imprensa.

Inicialmente, a campanha pretende vender mil pacotes de dez ingressos.

Últimas notícias