Ator Sean Connery, famoso por interpretar James Bond, morre aos 90 anos

A informação foi confirmada pela família à rede britânica BBC. Causa do falecimento ainda não foi informada

atualizado 31/10/2020 10:52

Sean Connery como James BondSunset Boulevard/Corbis via Getty Images

O ator Sean Connery, um dos mais importantes nomes do cinema mundial, morreu na manhã deste sábado (31/10), aos 90 anos. A informação foi confirmada pela família do artista à rede britânica BBC. Ele estava em Nassau, nas Bahamas, com a família.

A causa da morte do ator ainda não foi revelada.

Um dos filhos do ator, Jason Connery, comentou a morte do pai. “Estamos todos tentando entender em grande evento que aconteceu agora, mesmo que meu pai não estivesse muito bem nos últimos tempo”, informou.

“É um dia triste para todos que conheceram e amaram meu pai e uma perda triste para as pessoas que aproveitaram seu grande dom de ator”, concluiu Jason Connery.

Sean Connery na pele de 007
Sean Connery na pele de 007
Trajetória

Sean Connery tem uma carreira impressionante nos cinemas. Ao longo de mais de 60 anos de carreira, o ator interpretou 94 papéis nas telonas. O sucesso mundial veio na pele de James Bond, da franquia de filmes 007. O ator escocês viveu o espião durante três décadas, em 1960, 1970 e 1980 – tornando-se um dos rostos mais conhecidos do icônico personagem criado por Ian Fleming.

Outro grande reconhecimento na carreira de Sean Connery ocorreu em 1988, quando o ator ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante pelo filme Os Intocáveis, de Brian de Palma. Ele também venceu o BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante por O Nome da Rosa (1987), no qual interpretou o protagonista Brian de Palma.

Ainda na cultura pop, Sean Connery deu vida ao professor Henry Jones, no longa Indiana Jones e A Última Cruzada, de 1989.

sean connery

A última aparição do ator nos cinemas ocorreu em 2012, no longa de animação Sir Billi. Ele dublou o protagonista do filme.

Sean Connery nasceu em Edimburgo, na Escócia, em 1930 e ganhou seu primeiro papel em 1954, no filme Lilacs In The Spring.

Luto

O primeiro ministro da Escócia, Nicola Sturgeon, se pronunciou sobre a morte de Sean Connery.

“Estou com o coração partido em saber da morte de Sean Connery na manha deste sábado. Nossa nação lamenta a perda de um de seus mais amados filhos”, falou o primeiro ministro. “Ele era uma estrela global, mas, primeiramente, um patriótico e orgulhoso escocês”, completou.

Últimas notícias