Alec Baldwin sai em defesa de Chris Rock após tapa de Will Smith

O ator se irritou após o comediante fazer uma piada com a doença de Jada Pinkett-Smith, sua esposa, durante a cerimônia do Oscar 2022

atualizado 29/03/2022 12:37

Alec BaldwinDivulgação

Alec Baldwin defendeu Chris Rock após o comediante ser agredido por Will Smith durante a cerimônia do Oscar 2022, no último domingo (29/3). O ator veterano falou que está do lado do humorista, que recebeu uma tapa na cara do vencedor o prêmio de Melhor Ator por King Richard: Criando Campeãs após fazer uma brincadeira sobre a aparência de sua mulher, Jada Pinkett-Smith.

“Não estou lendo muito sobre como, ou mesmo se, os produtores atenderam Chris”, escreveu Baldwin em seu Twitter. “Mas eu te amo, Chris Rock, e lamento que o Oscar tenha se transformado no show de Jerry Springer”, continuou ele, citando o polêmico apresentador de um talk show conhecido por barracos.

0
Entenda o caso:

Durante a cerimônia de entrega do Oscar 2022, realizada na noite deste domingo (27/3), uma cena chamou atenção de todos os presentes. O humorista Chris Rock apresentava a categoria de Melhor Documentário, quando fez uma piada sobre Jada Pinkett Smith.

Após a fala, Will Smith, que concorre à categoria de Melhor Ator, subiu ao palco e deu um tapa em Chris Rock. O humorista fez uma brincadeira com o fato de Jada estar careca — ela perdeu os cabelos por conta da alopecia e assumiu o visual.

Após a agressão, Will Smith voltou para sua cadeira e disparou: “Não fale nada sobre minha mulher” e “Tire o nome da minha mulher da sua boca”. Chris Rock, então, falou: “É, eu fui agredido por Will Smith”. Em seguida, o humorista apresentou a categoria de Melhor Documentário, que foi vencida por Summer of Soul.

Veja o vídeo:

Mais lidas
Últimas notícias