*
 

Nunca antes na história (recente) deste país, falou-se tanto de política em casa, no trabalho, nas redes socais ou na mesa do bar. Pensando nisso, o Metrópoles fez uma lista de 20 filmes que abordam de diferentes maneiras o regime ditatorial implantado em nosso país há exatos 52 anos.

No dia 31 de março para 1º de abril de 1964, o Brasil saiu do estado democrático de direito para entrar numa ditadura militar que se estenderia por 21 anos. Vários cineastas registraram – por meio de documentários ou ficções – como esse período sem liberdades afetou a vida das pessoas. Confira a nossa seleção.

1. “Ação Entre Amigos” (1998), de Beto Brant
Quatro ex-guerrilheiros se reencontram 25 anos após o fim do regime militar. Ao descobrirem que seu carrasco, o homem que matou a namorada de um deles, ainda está vivo, eles decidem partir para um acerto de contas.

2. “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias” (2006), Cao Hamburger
É uma criança, o protagonista Mauro, quem conduz a narrativa, que mostra os efeitos da ditadura nos núcleos familiares. Certo dia, os pais deixam o menino na casa do avô. Enquanto Mauro espera o regresso deles, começa a perceber o estranho mundo a sua volta. Assista ao trailer.

3. Barra 68 – Sem Perder a Ternura (2001), Vladimir Carvalho
Documentário emblemático sobre a história da invasão da Universidade de Brasília (UnB) por militares em 1968. O filme também revela os efeitos da ditadura militar sobre a instituição. Assista ao trailer.

4. “Batismo de Sangue” (2007), Helvécio Ratton
Baseado em livro de Frei Beto, conta a história dos frades dominicanos que abrigaram em seu convento o grupo da Aliança Libertadora Nacional (ALN), liderado por Carlos Marighella. Assista ao trailer.

5. “Cabra Marcado para Morrer” (1984), Eduardo Coutinho
A vida imita a arte. Eduardo Coutinho rodava um documentário sobre a morte de um líder camponês em 1964, quando precisou interromper as filmagens por causa do golpe. O trabalho foi retomado 20 anos depois, unindo o que já havia registrado com a vida dos personagens duas décadas depois. Assista a trecho.

6. “Eles Não Usam Black-Tie” (1981), Leon Hirszman
Ao mesmo tempo, eclode um movimento grevista que divide a categoria metalúrgica. Preocupado com o casamento e temendo perder o emprego, o jovem operário Tião fura a greve, entrando em conflito com o pai, Otávio, um velho militante sindical que passou três anos na cadeia durante o regime militar.

7. “Em Busca de Iara” (2013), Carlos Frederico
O filme resgata a vida da guerrilheira Iara Iavelberg e desmonta a versão oficial do regime, que atribui a morte dela, em 1971, a um suicídio. Assista ao trailer.

8. “Hoje” (2011), Tata Amaral
Ao se mudar para um novo apartamento, Vera, uma ex-militante, passa a relembrar o que viveu na época da ditadura ao lado marido, Luiz. Assista ao trailer.

9. “Jango” (1984), Silvio Tendler
O documentário refaz a trajetória política do 24° presidente brasileiro, deposto pelo golpe militar nas primeiras horas de 1º de abril de 1964. O filme captura a efervescência da política brasileira durante a década de 1960 e narra os detalhes do golpe. Assista a trecho.

10. “Kuarup” (1989), Ruy Guerra
Trabalhando como missionário no Alto Xingu, entre os povos indígenas que habitam a região, o jovem padre Nando começa a compreender seu destino. Alguns anos mais tarde, ele passa a lutar contra o regime civil-militar implantado em 1964. Assista ao trailer.

11. “Lamarca” (1994), Sérgio Resende
A trajetória de Carlos Lamarca, que deixou o passado para trás para tornar-se um guerrilheiro na luta contra a ditadura.

12. “Marighella” (2012), de Isa Grinspum Ferraz
Dirigido pela sobrinha de Marighella,o filme é uma construção histórica e afetiva do homem considerado o inimigo número 1 da ditadura militar brasileira. Assista ao trailer.

13. “Manhã Cinzenta” (1968), Olney São Paulo
Durante o AI-5, o cineasta decidiu fazer um filme que se passasse numa fictícia ditadura latino-americana, onde um casal é preso, torturado e interrogado por um robô. Infelizmente, o roteiro se tornaria vida real. Depois de ser submetido a várias sessões de tortura, Olney morreu em 1978. Assista a trecho.

14. “Nunca Fomos Tão Felizes” (1984), Murilo Salles
Oito anos depois, o pai que passou anos na prisão reencontra o filho que, até então vivia num colégio interno. Os anos de ausência e confinamento são colocados à prova num apartamento vazio, onde o filho tenta descobrir qual a verdadeira identidade do pai. Assista a trecho.

15. “O que É Isso, Companheiro?” (1997), Bruno Barreto
Inspirado no livro homônimo de Fernando Gabeira, o longa-metragem narra o sequestro do embaixador americano no Brasil por grupos de esquerda. Assista ao trailer.

16. “Que Bom Te Ver Viva” (1989,), Lucia Murat
Mesclando ficção com fatos reais, o filme mostra como ex-presas políticas da ditadura militar brasileira enfrentaram as torturas e as prisões.

17. “Perdão, Mister Fiel” (2009) Jorge Oliveira
A morte do operário Manoel Fiel Filho, no DOI-CODI em São Paulo em 1976, é o ponto de partida do documentário. O filme mostra a atuação dos Estados Unidos na caça aos comunistas e nas ditaduras militares latino-americanas. Assista ao trailer.

18. “Pra Frente, Brasil” (1982), Roberto Farias
Um homem comum volta para casa, mas é confundido com um “subversivo” e submetido a sessões de tortura para confessar seus supostos crimes. Assista a trecho.

19. “Tatuagem” (2013), Hilton Lacerda
É fim da década de 1970 e o jovem militar Fininha se vê em uma situação delicada. Enquanto vive tórrido relacionamento com o líder da trupe teatral Chão de Estrelas, ele precisa lidar com a repressão existente no meio militar em plena ditadura. Assista ao trailer.

20. “Tempo de Resistência” (2005), André Ristun
Com depoimentos e imagens de arquivo, o documentário aborda o processo desde o golpe militar até a anistia e o Movimento das Diretas Já. Assista ao trailer.

21. “Zuzu Angel” (2006), Sérgio Resende (foto no alto da página)
Certa noite, a estilista Zuzu Angel recebe ligação dizendo que seu filho Stuart foi preso pelos militares. As Forças Armadas negam. Pouco tempo depois, ela recebe uma carta dizendo que Stuart foi torturado até a morte na Aeronáutica. A mãe inicia então uma batalha para localizar o corpo do filho e enterrá-lo. Assista ao trailer.

 

 

COMENTE

Silvio Tendlerditadurazuzu angelcarlos lamarca
comunicar erro à redação

Leia mais: Cinema