Bianca Andrade sobre feat com Pedro Sampaio: “Sempre quis ter minha música”

A youtuber revelou detalhes da faixa que é tema da nova temporada de Boca a Boca

atualizado 05/10/2020 18:00

Bianca Andrade comanda o Boca a BocaDivulgação

A empresária Bianca Andrade não cansa de surpreender os fãs com as suas mil e uma facetas. Além de influencer, youtuber e apresentadora, a ex-BBB decidiu se arriscar no universo musical. Nessa segunda (28/10), a artista lançou um funk 150 bpm com a tutela de Pedro Sampaio e a participação da amiga e ex-parceira de confinamento, Flayslane.

Intitulada Boca, a música é o tema de abertura da nova temporada do programa Boca a Boca, apresentado ao vivo por Bianca no YouTube.  A ideia do feat surgiu após a youtuber ter ajudado a alavancar o single Boss Bitch, da Doja Cat, que entrou para o TOP 200 do Brasil no Spotify depois de embalar a estreia da atração. “Sempre quis ter a minha música”, confessa.

Mesmo estreando nos vocais, Bianca ressalta que não pretende investir na carreira musical. “Eu não tenho coragem de cantar, só gosto de me aventurar e tentar fazer coisas novas, principalmente quando é atrelado ao meu trabalho”, explica.

Amizade pós-BBB20

Desde o término do Big Brother Brasil 20, Bianca Andrade e Flayslane não se desgrudam. A amizade pós-BBB20 também tem gerado muitas parcerias profissionais. A apresentadora do Boca a Boca já participou do clipe de Saudades, Né Minha Filha?, da cantora paraibana em parceria com Jerry Smith, agora, foi a vez de Flay retribuir a favor.

“A Flay é um dos presentes que o BBB me deu, assim como a Marcela Mc Gowan e a Mari Gonzalez. Tem sido uma ótima experiência! A Flay é extremamente trabalhadora e profissional, e poder unir essa amizade com o trabalho é muito gostoso. Trabalhar com quem a gente gosta fica mais fácil, né?”, afirma Bianca.

Bianca Andrade e Pedro Sampaio
O hit Boca é o tema de abertura da nova temporada
Boca a Boca

Para Bianca, apresentar um programa ao vivo é muito desafiador, e, ao mesmo tempo, uma experiência de grande aprendizado. “Acho que o mais legal é que sou quem eu sou, erro e brinco e tá tudo certo”. A empresária  diz, ainda, que encara o nervosismo na hora entrevistar ídolos como o Dilsinho. “São pessoas que sou fã e que acompanho o trabalho há anos. Mas sempre conduzo como um bate-papo e é muito legal conhecer mais sobre as pessoas, o outro lado das coisas. No fim, já estamos amigos e marcando o próximo encontro (risos)”, completa.

Questionada se o Boca a Boca é o primeiro passo para galgar um espaço na televisão, Bianca não nega o sonho de estrelar na telinha. “Adoro TV e meu programa tem muitas inspirações do formato auditório. Tenho muita vontade de ir para TV. Eu cresci acompanhando e tenho muitos como referência, como sempre menciono a Hebe, a Tatá Werneck…  Mas também estou muito feliz fazendo um programa dentro da minha própria casa. Tenho muita liberdade, uso bastante meu lado criativo e exploro junto com a minha equipe novas coisas e formatos”, conclui.

Últimas notícias