Adnet de Bolsonaro chama atenção em desfile de São Clemente

A escola abriu o segundo dia de desfiles do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro

Daniel Pinheiro/AgNews

atualizado 24/02/2020 22:43

A escola São Clemente abriu o segundo dia de desfiles do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro com o enredo O Conto do Vigário, revisitando a história do Brasil e contando as “malandragens e trambiques” que ficaram famosas desde o período colonial, chegando até a “vigarice tecnológica”.

Comandada pelo carnavalesco Jorge Silveira, a escola entrou na Sapucaí nesta segunda-feira (24/02/2020) chamando atenção pela crítica política, trazendo diversos humoristas para a avenida.

0

Co-autor do enredo, Marcelo Adnet desfilou pela escola caracterizado com Jair Bolsonaro. Carro alegórico com referências ao presidente tinha cartazes com frases como “Tá ok” e “A culpa é do Leonardo di Caprio”, além de bananas e laranjas na decoração. No carro, o comediante imitou trejeitos do político e fez flexões.

O segundo carro da escola também contou com humoristas. Érico Brás e Marcos Veras estavam na alegoria Vende-se Terreno na Lua. Em outra ala, Paulo Vieira se apresentou como Cabral no destaque Bangu.

Uma das alas mais divertidas da escola foi a Grávidas de Taubaté, que criticou as fake news. O ator Paulo Dalagnoli também divertiu o público vestido como lobo em pele de cordeiro.

Últimas notícias