Visitas são suspensas em bloco da Papuda após novo caso de Covid-19

O local é o Bloco D da PDF 1 . Ainda não há previsão de quando o acesso de familiares e advogados será liberado

atualizado 25/02/2021 19:48

Gláucio Dettmar/CNJ

As visitas de familiares e advogados de presos ao Bloco D da PDF 1, no Complexo Penitenciário da Papuda, foram suspensas após determinação da Vara de Execuções Penais (VEP). A medida foi tomada depois de quatro casos suspeitos de detentos terem surgido no local.

Segundo o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), essa é apenas uma medida de cautela “pois foi agindo assim que conseguimos minimizar os efeitos da Covid-19”.  Ainda não há previsão de retorno das visitas para o bloco.

De acordo com a Corte, os quatro casos suspeitos foram transferidos para o CDP II e aqueles que compartilhavam celas acabaram isolados por precaução. Nesta quinta-feira (25/2), o diretor da Saúde informou que apenas o teste de um dos quatro detentos com suspeita de terem contraído a Covid-19 foi positivo.

Em junho, o Metrópoles apurou que um em cada quatro internos da Papuda já tinha contraído a Covid-19. A aglomeração e as condições de higiene do local facilitaram a contaminação em massa.

Últimas notícias