Operário é soterrado e resgatado em obra no DF

Bombeiros afirmam que não havia escora para terra em um dos lados da construção. Defesa Civil foi chamada para observar os trabalhos

Hugo Barreto/Metrópoles

atualizado 13/01/2020 19:05

Um operário foi soterrado em uma obra na pista de acesso ao Aeroporto Internacional de Brasília JK, na manhã desta segunda-feira (13/01/2020). Integrantes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) conseguiram resgatar a vítima com vida.

De acordo com o major Everton Luiz, o soterramento do trabalhador aconteceu em uma escavação nos fundos da obra, de quatro metros de profundidade. “De um lado havia uma barreira de concreto, mas do outro não tinha nenhuma escora para a terra”, pontua, em informações preliminares.

Veja vídeos do resgate:

No momento do acidente, três operários atuavam no local, mas apenas um foi se acidentou. “O trabalhador ficou coberto por completo. Com a ajuda dos colegas teve a terra retirada até a altura do tronco. O Corpo de Bombeiros foi chamado para terminar o serviço”, relata o major.

A ação do CBMDF, que utilizou quatro viaturas e 14 militares na situação, durou cerca de 20 minutos. Mauro dos Santos Silva, 40 anos, foi levado ao Hospital de Base com suspeita de luxação na perna.

0

A equipe de bombeiros acionou a Defesa Civil. A recomendação dos miliares é de que a obra não recomece no local enquanto o escoramento não for feito.

“A falta de um bloqueio para a terra, que estava úmida e fofa, fez com que ela desabasse em cima dos trabalhadores. É importante que isso seja feito”, explicou o major Everton Luiz.

O Metrópoles entrou em contato com a Reveste Engenharia, responsável pela obra. Em nota, a empresa informa que parte de um talude cedeu, “acarretando no soterramento de um colaborador”.

“A Reveste Engenharia lamenta o ocorrido e está prestando todo apoio à vítima e tomando as devidas providências recomendadas pela Defesa Civil. A obra foi liberada para a continuidade de suas atividades”, destacou o texto.

Últimas notícias