Vídeo: menino de 6 anos é arremessado ao ser atropelado no DF

O atropelamento foi registrado por câmera de segurança da escola em que a criança estuda

Material cedido ao MetrópolesMaterial cedido ao Metrópoles

atualizado 22/08/2019 16:04

Um menino de 6 anos foi arremessado após ser atropelado em uma faixa de pedestres na tarde desta quarta-feira (21/08/2019), em Vicente Pires. A criança atravessava a rua com o pai e o irmão quando correu em direção à escola na qual estuda, na Rua 6, e acabou atingido por um carro.

O atropelamento foi registrado em imagens capturadas por câmera de segurança do colégio. O porteiro da escola prestou os primeiros socorros à criança, que caiu no chão com o impacto. O motorista do automóvel parou após a batida e ficou no local.

A vítima fez exames, que não identificaram fraturas, mas ela passará a noite na unidade de terapia intensiva (UTI) pediátrica de um hospital particular por precaução, segundo a diretora da unidade de ensino, Priscila Madureira.

Veja as imagens:

 

Ao Metrópoles, a diretora do colégio disse que solicitou melhoria no trânsito da região diversas vezes. Em 28 de novembro de 2018, por exemplo, pediu à Administração Regional de Vicente Pires a instalação de faixa de pedestres e quebra-molas.

A sinalização para travessia da rua chegou em fevereiro, lembra Priscila, mas o redutor de velocidade ficou esquecido. “Eu perguntei: ‘Vocês vão esperar algo pior acontecer?’. A gente já previa isso, porque vemos o quanto as pessoas são imprudentes”, afirmou. 

Em nota, a Administração Regional de Vicente Pires disse que a culpa ou responsabilidade é “exclusiva do condutor do veículo”. “Orientamos a escola que pedisse aos pais que fossem à delegacia e registrassem ocorrência”.

O órgão acrescentou que o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) autorizou uma nova ação para sinalização. “Já está na programação a implantação de um redutor de velocidade nas proximidades do colégio onde ocorreu o acidente”, concluiu.

O caso foi registrado na central de flagrantes da região, que funciona na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro), mas será investigado pela 38ª DP (Vicente Pires). A delegacia informou que ainda não teve acesso às imagens e começará as investigações a partir desta quinta-feira (22/08/2019).

Últimas notícias