metropoles.com

Vídeo. Incomodado com assobio, homem espanca jovem de 14 anos no DF

Gravação mostra Victor Batista desferindo diversos chutes em um garoto caído no chão de quadra esportiva do Núcleo Bandeirante

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
homem chutando garoto caído
1 de 1 homem chutando garoto caído - Foto: Reprodução

Um adolescente de 14 anos foi agredido por um homem de 27, na tarde desse sábado (23/4), na quadra esportiva da 3ª Avenida da Vila Nova Divinéia, no Núcleo Bandeirante. O homem é vizinho da vítima e foi identificado como Victor de Sales Batista. A movimentação foi gravada por uma outra criança que estava na quadra no momento do espancamento.

No vídeo é possível ver Victor desferindo diversos chutes contra o corpo da vítima. A criança que grava as cenas pede ajuda, enquanto o menino agredido se encolhe no chão, numa tentativa de proteger a cabeça dos golpes.

Veja como ficou o adolescente:

3 imagens
Menino mostra marcas pelo corpo
Vizinhos se revoltaram com homem de 27 anos que agrediu menor de idade
1 de 3

Adolescente de 14 anos foi espancado no sábado (23/4)

Material cedido ao Metrópoles
2 de 3

Menino mostra marcas pelo corpo

Material cedido ao Metrópoles
3 de 3

Vizinhos se revoltaram com homem de 27 anos que agrediu menor de idade

Material cedido ao Metrópoles

A gravação revelada pelo Metrópoles tem apenas 12 segundos, mas as crianças que estavam na quadra esportiva afirmam que o homem agrediu o adolescente por cerca de 3 minutos. A motivação para os ataques, segundo os vizinhos, teve a ver com assobios que o jovem fazia para chamar a mãe na frente de casa.

Confira fotos de frames do vídeo:

4 imagens
Homem desfere chutes em menor de idade
Outra criança gravou as agressões
Homem chegou a pisar em rosto de adolescente
1 de 4

No chão, adolescente tenta se proteger de ataques

Reprodução
2 de 4

Homem desfere chutes em menor de idade

Reprodução
3 de 4

Outra criança gravou as agressões

Reprodução
4 de 4

Homem chegou a pisar em rosto de adolescente

Reprodução

“Eles moram um de frente pro outro, o adolescente chega em casa, assobia e grita para a mãe abrir o portão, e isso incomoda o rapaz”, explicou Eduardo Ribeiro Machado, 32 anos, servidor público e vizinho dos envolvidos.

Victor teria reclamado com o adolescente, o que motivou uma discussão. O garoto de 14 anos teria dito: “Você não vai me bater, porque não é meu pai”. O agressor, então, teria respondido: “Você vai ver se eu não sou seu pai”. Depois disso, o menor de idade foi para a quadra esportiva, o homem o seguiu e o espancou.

Veja as agressões:


O caso gerou revolta entre os vizinhos, que no mesmo dia foram protestar na frente da casa do agressor. A mãe do adolescente abriu boletim de ocorrência na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e o adolescente fez exames de corpo de delito.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?