Vídeo. Idosa tem braço esmagado em portão de supermercado do DF

A família registrou o caso em vídeo e fez ocorrência na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF)

idosa machucadaReprodução

atualizado 30/06/2020 16:33

Uma idosa de 75 anos ficou com o braço ferido após o portão de um supermercado fechar no momento em que ela passava pelo local. A família registrou o caso em vídeo e fez ocorrência na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

O episódio ocorreu na tarde dessa segunda-feira (29/06) no supermercado Carrefour do Guará. A neta da vítima, uma produtora audiovisual de 24 anos, pediu para não ser identificada, mas deu detalhes ao Metrópoles do que ocorreu no local. A família é moradora de Vicente Pires.

Veja vídeo e fotos:

0

“O mercado estava aberto. Passamos por um portão usado por pedestres para ter acesso ao Carrefour. O segurança do supermercado estava de costas conversando com outras pessoas quando fechou o portão em cima da minha avó. Acertou a cabeça e o braço dela. O ferimento ficou exposto, dava pra ver a carne”, relatou a jovem.

A neta destacou que falou com o funcionário, que não reagiu ou ajudou a família. “Fomos na gerência do mercado. São super despreparados. Tentaram colocar algodão no machucado. Eu perguntei se o chefe de segurança tinha curso de primeiros socorros ele respondeu ironicamente que sim, perguntou se eu queria ver”, reclamou.

Os funcionários mostraram preocupação quando ela começou a filmar. O responsável não soube dizer o que seria feito com relação ao segurança que acionou o portão.

“Isso é inadmissível! Como alguém fecha o portão sem ver quem está passando? Logo ali que tem movimento o tempo todo. Optamos em levá-la na farmácia pra enfaixar e fazer o curativo pra não ter risco de contaminação da Covid-19 no hospital. Ela ainda sente dor e, como tem diabetes, prejudica a cicatrização. Queremos uma resposta efetiva do mercado para que isso não ocorra com outras pessoas”, desabafou a produtora audiovisual.

Em nota, o Carrefour disse que presta o atendimento necessário à vítima. “O Carrefour informa que lamenta o acidente ocorrido e esclarece que a equipe da loja prestou um primeiro atendimento no local e a direcionou para atendimento médico em um hospital particular. A rede mantém contato com sua família e seguirá prestando todo atendimento e suporte necessário.”

Últimas notícias