Vídeo: ao vivo, repórter da TV Globo é vítima do crime de ato obsceno

A repórter Camila Guimarães fazia uma passagem ao vivo, em Samambaia, quando um homem mostrou as nádegas de dentro de um carro branco

atualizado 04/04/2022 21:01

Reprodução/TV Globo

Uma equipe da TV Globo Brasília foi vítima do crime de ato obsceno na tarde desta segunda-feira (4/4). A repórter Camila Guimarães fazia uma passagem ao vivo, em Samambaia, quando um VW Gol branco passou em baixa velocidade na rua, por trás da jornalista e o homem que estava no banco do carona colocou as nádegas na janela.

Confira o vídeo:

O crime de ato obsceno é definido no artigo 233 do Código Penal Brasileiro como aquele que fere a “norma social, a modéstia, a decência, o pudor, o decoro, a lei natural e a ordem pública”. Caso o responsável seja identificado, pode pegar pena de até um ano, além de pagar multa.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias