Vídeo: a pedido da PMDF, Novacap acaba com horta comunitária no SCS

Companhia justificou que a plantação não está dentro dos parâmetros de design e que contribui para a sensação de falta de segurança

atualizado 10/02/2021 14:47

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) cortou, na manhã desta quarta-feira (10/2), uma horta comunitária localizada no Setor Comercial Sul. O pedido veio do 1º Batalhão de Polícia Militar do Distrito Federal, que solicitou a limpeza como forma de “prevenção ao crime”.

A horta foi idealizada pelo Coletivo Aroeira e funciona desde 2018. O canteiro, localizado em frente ao Centro de Atenção Psicossocial, tem proposta terapêutica e comunitária. Conforme explicado por Júlia Maciel, integrante do coletivo, o projeto visa que pessoas em situação de rua possam ter contato com a terra como forma de tratamento da saúde mental. Além disso, fornecia alimentação extra aos moradores de rua.

Árvores frutíferas, hortaliças e plantas medicinais foram cortadas pela Novacap. “Para chegar ao tamanho das plantas que tínhamos, seriam necessários 1 ou 2 anos. Também não temos os recursos financeiros pra arrecadar tantas mudas que acumulamos ao longo do tempo do projeto”, revolta-se Júlia.

O que diz a Novacap

Em nota, a Novacao explicou que a medida visa a seguranã no local.

“Atualmente, o jardim não está dentro dos parâmetros de design da Novacap, pois terceiros plantaram árvores frutíferas e seres arbóreos que não fazem parte do plano ornamental da região, o que prejudica a visão dos proprietários de lojas e a segurança dos trabalhadores no acesso aos prédios comerciais, além de dificultar a vigilância e ação preventiva da polícia” respondeu.

A Novacap afirmou, também, que fará o jardim ornamental, com espécies de flores típicas do cerrado após a limpeza da área.

 

Últimas notícias