Vendedor é baleado em tentativa de assalto, mas sobrevive após panela “amortecer” tiro

Polícia Civil do DF divulgou a fotografia de um dos suspeitos de tentar matar o homem e pede que população denuncie caso veja o acusado

atualizado 19/11/2020 12:36

Tiro na barrigaPCDF/ Divulgação

Policiais civis da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) deflagraram, na manhã desta quinta-feira (19/11), a operação Gestas, com objetivo de cumprir mandado de busca e apreensão expedido contra Mateus Vidal Freire. Conhecido como Bobina, o jovem é apontado como um dos autores de tentativa de latrocínio ocorrido no sábado passado (14/11), na região da Fercal.

Na ocasião, dois homens tentaram assaltar a vítima, um vendedor de panelas. Ao gritar por socorro, o homem foi atingido por um disparo de arma de fogo no abdomen. Assustados, os suspeitos fugiram sem levar nada. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o homem só sobreviveu porque, antes de atingir o corpo do homem, o disparo de arma de fogo acertou uma das panelas que ele vendia.

Imagens de câmeras de segurança mostram a vítima entrando em um beco. Em seguida, os autores seguem atrás. Segundo depois a dupla foi flagrada fugindo do local. Ferida, a vítima foi socorrida ao Hospital Regional do Paranoá.

0

Por fotografia, a vítima reconheceu um dos assaltantes, identificado como Mateus Vidal, vulgo Bobina. Contra ele, há três inquéritos policiais, todos por furto qualificado.

Qualquer informação sobre o paradeiro do acusado pode ser passado para a PCDF por meio do Disque Denúncia da corporação, 197. Não é preciso se identificar.

O nome da operação, Gestas, tem sentido bíblico, uma vez que o “mau ladrão ou ladrão impenitente” foi um dos homens crucificados ao lado de Jesus, segundo o cristianismo. Ele teria desafiado Cristo a salvar a si mesmo enquanto que o chamado “bom ladrão” pediu perdão pelos seus pecados. Na literatura apócrifa, recebeu o nome de Gestas.

Veja a ação da dupla:

Últimas notícias