*
 

A Universidade de Brasília (UnB) aprovou a resolução do programa Parceiros da UnB. Agora, ficará mais simples para pessoas físicas e jurídicas doarem à instituição. Os donativos podem ser não só em dinheiro, mas também, em bens ou serviços como computadores, produtos para reformas e, até mesmo, tempo e mão de obra.

Esse tipo de colaboração é comum em universidades americanas. Conhecidos como endowments, as doações em dinheiro são fundos em que somente os rendimentos do que é investido são utilizados, mantendo um patrimônio sólido e inalterado para a Instituição de Ensino.

Para o reitor da UnB, Ivan Camargo, a universidade deu um passo importante na viabilização de mais uma forma de financiamento e, assim, dar continuidade ao desenvolvimento e capacitação dos alunos. “O programa Parceiros da UnB dará maior segurança aos doadores e aproximará a universidade de toda a população”, afirma o professor.

O programa é uma iniciativa das associações de ex-alunos da UnB (Alumni), “Tivemos esse como o maior projeto recente da nossa associação. Trabalhamos ao longo de seis meses para tirá-lo do papel e, agora, damos início a um novo ciclo em que as nossas atividades se aproximarão ainda mais dos ex-alunos que queiram participar diretamente das ações da nossa universidade”, afirmou Pedro Ivo, diretor da Alumni.

A associação vê a possibilidade de a população investir diretamente na universidade como uma forma de os profissionais retribuírem pelo tempo que estudaram gratuitamente no local e ajudar no desenvolvimento da instituição.

Entre os ex-alunos que apoiam a medida, estão a ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Maria Cristina Peduzzi, e o ex-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Reginaldo Oscar de Castro. Os interessados em contribuir com doações para a Universidade de Brasília podem entrar em contato diretamente com a Alumni UnB pelo e-mail alumni@unb.br.