*
 

Após o temporal que atingiu o Distrito Federal na noite desta terça-feira (3/4), a tesourinha da 109/110 Norte ficou alagada. As chuvas fortes prejudicaram o trânsito em todo o DF na volta para casa e provocou quedas de energia.

A inundação da tesourinha da quadra não é uma novidade. Em 13 de janeiro deste ano, dois carros pararam de funcionar depois que os motoristas tentaram atravessar o trecho alagado. Em fevereiro do ano passado, um carro ficou submerso.

A forte chuva produziu reflexos no trânsito em todo o DF. Conforme mostra o aplicativo de navegação Waze, o fluxo ficou lento nas saídas Norte e Sul pela Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia).

O trânsito também foi intenso no Eixão e no Eixo Monumental. Quem trafegava em direção a Taguatinga, Águas Claras e Ceilândia pelo Setor Policial Sul precisou ter paciência. A melhor opção para chegar a esses destinos era pegar a Estrutural.

Segundo a Companhia Energética de Brasília (CEB), cem chamados de queda de energia foram registrados nos canais de comunicação da empresa; a maior parte deles, no Sudoeste.

 

Duas viaturas do novo modelo da Polícia Militar ficaram presas na enchente entre o Estádio Nacional Mané Garrincha e o Autódromo Internacional Nelson Piquet (Vídeo).

Segundo o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Mamedes Melo, entre as 18h e as 19h desta terça, a estação do Sudoeste mediu índice pluviométrico de 18,2mm. Somada às chuvas dos últimos três dias, já foram registrados 28% da média mensal para o mês de abril.

Os ventos chegaram a 33km/h, considerados pelo Inmet como moderados. A medição oficial, no entanto, só será divulgada na quarta-feira (4), às 9h.

 

 

COMENTE

chuvaalagamentotesourinhatemporalinundação109 norte
comunicar erro à redação

Leia mais: Trânsito