*
 

Nos quatro dias da Operação Semana Santa, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 1.495 motoristas transitando acima do limite de velocidade permitido nas pistas federais que cortam o DF. A maioria dos flagrantes ocorreu nas BRs 060 e 020.

Entre quinta-feira (29/3) e domingo (1º/4), foram registrados 19 acidentes – contra 28 no mesmo período do ano anterior. Segundo a PRF, 23 pessoas ficaram feridas e ninguém morreu. Em 2017, foram computados 36 feridos e dois óbitos.

Segundo a corporação, um dos focos da fiscalização foi o combate à embriaguez ao volante. Entre o início e o fim da operação (da 0h de quinta às 23h59 desse domingo) foram flagrados 25 condutores dirigindo sob a influência de bebida alcoólica, sendo que três motoristas acabaram na cadeia por apresentar índice de álcool por litro de ar expelido pelo pulmão acima de 0,34mg/L.

A PRF flagrou ainda 31 pessoas transitando sem o uso do cinto de segurança, e 434 condutores foram pegos realizando ultrapassagens indevidas. “Neste caso, o motorista coloca não só a sua vida em perigo, mas também gera risco a todos os usuários da rodovia”, destacou a corporação.
⁠⁠

Números do Distrito Federal e Entorno na Semana Santa de 2018 – 29/3 a 1º/4
– 13 acidentes com vítimas e 23 pessoas feridas

– 6 acidentes sem vítimas

– Nenhum acidente com óbito

– 434 testes de alcoolemia realizados

– 1.495 autuações por excesso de velocidade

– 830 infrações, sendo:
– 25 de alcoolemia
– 31 pela falta do cinto de segurança
– 11 pelo transporte de crianças sem o dispositivo adequado de segurança
– 434 de ultrapassagem indevida
– 12 pessoas detidas, sendo 3 por alcoolemia

Números do Distrito Federal e Entorno na Semana Santa de 2017 – 13 a 16/4

– 28 acidentes com vítimas, resultando em 36 pessoas feridas

– 2 acidentes com óbitos, causando 2 mortes

– 844 testes de alcoolemia realizados

– 892 infrações, sendo:
– 41 alcoolemia
– 39 pela falta do cinto de segurança
– 12 pelo transporte de crianças sem o dispositivo adequado de segurança
– 163 de ultrapassagem indevida
– 22 pessoas detidas, sendo 5 por alcoolemia