Ciclista morre atropelado na BR-251. É o oitavo óbito este ano no DF

Vítima tinha entre 40 e 50 anos, segundo Corpo de Bombeiros, e não foi identificada por não portar documentos

atualizado 10/11/2020 6:54

Divulgação/CBMDF

Um ciclista morreu atropelado no Km 30 da BR-251, na região de São Sebastião, na noite dessa segunda-feira (9/11). A vítima foi atingida por um Citroën de cor prata, conduzido por José Armando Alves da Silva, 50 anos, e não estava com documentos. Até a última atualização desta reportagem, o homem entre 40 e 50 anos que morreu na via não havia sido identificado.

No fim de semana, o agente aposentado da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Givelson Carlos Batista da Cunha, 54, que também estava de bicicleta, ficou em estado grave após ser atropelado na DF-205, após a Fercal, na região de Sobradinho II.

0

Conforme revelou o Metrópoles, o policial foi atropelado por um Fiat Uno de cor preta, conduzido por Renato Ferreira da Silva, que não tem habilitação e saiu ileso. O condutor fugiu pela mata após saber que seria levado para a delegacia.

Nessa segunda-feira (9/11), um dia após o acidente, Recanto Ferreira da Silva se apresentou na 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II). Egresso do sistema prisional, Renato afirmou aos investigadores da 35ª DP que fugiu por medo de voltar para o sistema carcerário, onde teria sido vítima de muitas agressões por parte de outros internos. No entanto, assegura que aguardou até que Givelson Carlos fosse socorrido, o que impediu a prisão em flagrante do condutor.

Além disso, o motorista negou que estivesse bêbado ou em alta velocidade na hora do acidente. O policial aposentado está internado no Hospital de Base do Distrito Federal e precisará fazer diversas cirurgias no rosto até se recuperar.

Em um áudio enviado pela irmã da vítima aos colegas de profissão do policial aposentado, ela diz que o estado dele é considerado gravíssimo. “Eu fiquei tão abalada. Está tão deformado. Os dentes todos quebrados. Muito triste”, comentou.

De janeiro a setembro de 2020, o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) registrou sete mortes de ciclistas na capital. No mesmo período do ano passado, foram 18 óbitos.

 

Últimas notícias