*
 

A temporada de chuvas ainda não voltou com força total, mas os buracos nas ruas já se multiplicam no Distrito Federal. Nesta segunda-feira (20/11), o Corpo de Bombeiros precisou interditar o trânsito na via de ligação Taguatinga/QNL ao lado do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), sentido Taguatinga.

No início da tarde, segundo a corporação, várias depressões e rachaduras surgiram na pista. Em um dos pontos, abriu-se uma cratera. Pelo buraco, é possível ver que houve um grande deslocamento de terra por baixo da via.

Os bombeiros alertam que existe o risco de o asfalto ceder em uma extensão de aproximadamente 150m de comprimento. Os militares acionaram a Defesa Civil, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e o Departamento de Trânsito (Detran).

Por meio de nota, o Detran informou que houve um “afundamento da galeria de águas pluviais, comprometendo a estrutura viária”. O departamento indica aos condutores, como rotas alternativas, a via Elmo Serejo e a Avenida Hélio Prates, até que seja concluída a obra de recuperação no trecho viário.

A partir desta terça (21), máquinas da Novacap trabalharão para recuperar a via. A companhia vai trocar três tubos de drenagem, consertar o poço de visita e reforçar a estrutura da rede. A previsão para o serviço ser concluído depende das chuvas e da gravidade da situação avaliada durante o reparo.

#Bsburaco
A buraqueira nas ruas do DF motivou, em fevereiro de 2016, o projeto #Bsburaco. O Metrópoles convidou artistas de rua para o projeto #bsburaco. A proposta foi transformar em arte a raiva, a frustração, o sentimento de impotência e a indignação que sentimos todas as vezes que caímos no buraco. A ideia foi inspirada em iniciativas de intervenção urbana como meio de protesto.

Participam do projeto os artistas de rua Ju BorgêToysOmikYongSirenGurulino e Rato.

Confira alguns dos trabalhos feitos na época