Colisão seguida de atropelamento deixa 2 mortos e interdita 060

Os homens estavam atravessando a rodovia para prestar socorro às vítimas de outro acidente quando foram atingidos

Divulgação/CBMDFDivulgação/CBMDF

atualizado 16/12/2019 17:03

Dois homens morreram e quatro pessoas ficaram feridas, na tarde desta terça-feira (10/12/2019), após colisão entre um Fiat Cronos e um HB20 na BR-060. Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), entre os feridos estão duas mulheres, uma delas grávida, e uma criança. Na tentativa de socorrer as vítimas, o motorista do Cronos e um outro homem foram atropelados ao atravessar a rodovia e morreram na hora. Um caminhão também se envolveu no grave acidente.

Não foram divulgados nomes. O carro que atropelou os dois homens, um Corolla, foi abandonado no local e o condutor fugiu. A placa do veículo é de São Paulo.

De acordo com os bombeiros, a criança que estava em um dos automóveis envolvidos no acidente foi levada em estado crítico de helicóptero ao Hospital de Base (HBDF).

Testemunhas relataram que havia óleo na pista e os dois carros derraparam. Quando os homens desceram para prestar socorro, o Corolla teria vindo em alta velocidade. As vítimas foram jogadas longe. Um dos homens que morreram tinha 22 anos e sempre ajudava as pessoas que sofriam acidente na região, uma vez que morava próximo à pista.

 

Parentes e o advogado do motorista do Toyota contestaram informações dos bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de que ele estaria embriagado, em alta velocidade e fugido do local. Segundo o sobrinho de Uugton Batista da Silva, Gabriel Batista Fernandes, o tio não se evadiu. “Realmente foi um acidente. Ele foi socorrido por uma pessoa que estava no local e levado ao hospital, ele não fugiu. A detenção pela PRF ocorreu no Hospital Regional de Alexânia (GO). A prisão dele foi ilegal porque ele não chegou a fugir, não estava embriagado”, disse.

Interdição

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o acidente ocorreu em Santo Antônio do Descoberto (GO), Entorno do DF, no Km 4, às 13h30. Houve interdição total da rodovia no sentido Brasília-Goiânia.

A rodovia acabou sendo totalmente interditada no sentido de saída do Distrito Federal, onde o engarrafamento chegou a mais de 5 quilômetros. No final da tarde, a Concessionária Triunfo, que administra a rodovia, informou que o trânsito foi liberado no sentido norte e no sentido sul flui em uma faixa e no acostamento.

As pessoas que quiserem viajar para Goiânia, Anápolis, Abadiânia e outras cidades da região poderão utilizar a BR-070, saindo por Águas Lindas de Goiás, em direção a Cocalzinho e depois para Anápolis, como opção.

Últimas notícias