Vídeo: neta faz serenata para avó em meio à quarentena no DF

A surpresa deixou a idosa de 90 anos emocionada. Ela faz parte do grupo de risco do coronavírus e, por isso, precisa ficar isolada

Neta faz serenata para a avó, no Guará, durante quarentena por causa do coronavírusReprodução/Redes sociais

atualizado 01/04/2020 12:16

A pandemia do coronavírus tem provocado o isolamento de muitos idosos no mundo todo, por serem do gruo de risco. Pensando nisso, uma fisioterapeuta do Distrito Federal fez uma serenata para a avó na última terça-feira (31/03), com o objetivo de animar a idosa em meio à quarentena.

Cecília Vieira da Cruz , 37 anos, conta que a ideia de cantar para a avó surgiu “sem pensar muito”. Na última terça, um dos filhos de Maria Cruz, 90, fez aniversário. Já que a família não podia comemorar junta, Cecília acreditava que a avó estivesse triste. Por isso, passou na casa dela, no Guará, e cantou para alegrar a idosa.

Confira o vídeo:

“Estava indo para outro lugar com meus sobrinhos. Então, tive a ideia de passar na casa da minha avó, porque era aniversário de um dos filhos dela. Achei que ela estivesse triste. Aí, resolvi passar e fazer a serenata. Não foi nada elaborado. Ela adorou, ficou muito feliz”, contou a fisioterapeuta.

Dona Maria mora com uma cuidadora e, por conta do perigo de contágio da Covid-19, não tem saído da residência. No momento em que Cecília começa a cantar, a parente estava na cozinha e, aos poucos, foi caminhando em direção à janela.

Linha de frente

Cecília é fisioterapeuta do Hospital Materno Infantil de Brasília. Ela cuida de crianças internadas nas unidades de terapia intensiva (UTI) e está na linha de frente de combate à Covid-19.

“Não há crianças infectadas pela doença lá. Infelizmente, nós (profissionais da saúde) não podemos nos preocupar só como o coronavírus, porque há várias outras doenças que estamos suscetíveis também”, explicou.

Apesar de escassos nas redes de saúde de todo o Brasil, Cecília vem usando os equipamentos de proteção (EPI’s) necessários no combate a doença.

Nesta quarta-feira (01/04), a Secretária de Saúde do Distrito Federal atualizou os números da doença. Há 354 casos confirmados do coronavírus na cidade. Houve um acréscimo de 21 novos casos de Covid-19 em relação aos números divulgados na noite de terça-feira (31/03).

Há 12 pacientes em estado grave; 33 em situação clínica considerada moderada; e 225 em situação de saúde leve. Outros 81 estão em análise. A maioria dos acometidos pela Covid-19 no DF são homens, que representam 57,06% do total. E 152 pacientes são mulheres.

Últimas notícias