Ao menos sete trabalhadores rurais tiveram intoxicação exógena – provocada por exposição a componentes químicos – na manhã desta quarta-feira (14/3), próximo à Floresta Nacional (Flona). Os bombeiros encaminharam as vítimas para hospitais do Paranoá e da Asa Sul. Outros nove também foram orientados a realizar exames médicos.

De acordo com os socorristas, os lavradores cuidavam da plantação de soja quando começaram a se queixar de dificuldades respiratórias, inchaço nos olhos e na face, ânsia de vômito, coceira e tosse excessiva. Alguns chegaram a cair e desmaiar. Eles estavam em uma região que fica às margens da BR-251, entre Paranoá e Planaltina.

Ainda segundo o CMBDF, a intoxicação teria sido provocada pelo dessecante Heroa Damec, despejado na plantação em que trabalhavam.

Para os bombeiros, a falta de um intervalo de tempo adequado para que o agrotóxico pudesse secar pode ter provocado o mal-estar geral. O recomendável é que haja uma brecha de 48h entre o uso do produto químico e o trabalho no campo.