Sem receber da Saúde, Hospital da Criança atrasa pagamento de funcionários

Pasta responsável pelos pagamentos diz que o valor já foi empenhado, mas não deu prazo para transferência

atualizado 01/10/2020 13:38

Tony Wiston/Agência Brasília

Os funcionários do Hospital da Criança de Brasília José de Alencar (HCB) foram surpreendidos nesta semana com a informação de que os salários, normalmente pagos no último dia útil de cada mês, seriam atrasados. Em uma circular interna, a direção informa que os repasses da Secretaria de Saúde não foram efetuados.

Segundo pessoas que trabalham no local, esta é uma situação nova, mas preocupante. Conforme explicam fontes ouvidas pelo Metrópoles, o aviso de adiamento ter sido enviado um dia antes do pagamento atrapalha a organização financeira principalmente daqueles que recebem menos.

No documento, o HCB diz que vem cumprindo todas as exigências do contrato, mas não recebeu o dinheiro necessário. “Estamos em constante negociação com a SES/DF para recebermos os valores das parcelas mensais nos prazos previstos nele [o contrato]”, diz.

De acordo com a nota enviada aos trabalhadores do HCB, o repasse deveria ter ocorrido ainda no dia 8 de setembro e ainda não aconteceu. “Esperamos resolver esta situação o quanto antes”.

Confira a nota:

documento

O que diz a Saúde

Procurada, a Secretaria de Saúde disse que já empenhou o valor de R$ 14.857.345,00 para o pagamento pela prestação de serviços do Icipe, que administra o Hospital da Criança de Brasília. Sendo R$ 8.174.176,85 para pagamento de pessoal e R$ 6.683.168,15 de custeio.

0

Já o HCB disse que não irá se manifestar.

 

Últimas notícias