Suspeitos são presos após agredirem e roubarem delegado no DF

O policial e os acusados se envolveram em um acidente de trânsito, por volta das 7h, próximo ao aeroporto

PCDF/ReproduçãoPCDF/Reprodução

atualizado 23/03/2019 22:39

Dois homens suspeitos de agredir e roubar um delegado da Polícia Civil do Distrito Federal foram presos na noite deste sábado (23/3). O policial e os acusados se envolveram em um acidente de trânsito, por volta das 7h, próximo ao aeroporto. Houve um desentendimento e os ocupantes do outro veículo começaram a ofender e agredir a autoridade e a família dele.

Visivelmente embriagados, conforme informou a PCDF, os quatro começaram a intimidar e ofender o policial e seus familiares. Após proferir xingamentos, os quatro partiram para a agressão. Além do delegado, eles também bateram na sogra dele. A filha pequena do servidor da PCDF presenciou toda a violência.

Após roubarem um relógio, um cordão de ouro e R$ 100, os quatro homens fugiram e abandonaram o GM Corsa no qual estavam.

Investigadores da Coordenação de Repressão a Crimes Patrimoniais (Corpatri) iniciaram imediatamente as apurações para localizar os suspeitos. Após diligências, os agentes localizaram dois deles e procuram pelos outros dois. Ambos foram presos em flagrante por roubo circunstanciado e embriaguez ao volante.

“O crime cometido contra um policial se reveste de uma gravidade ainda maior. Além da lesão patrimonial ao cidadão, trata-se de um desrespeito ao poder público constituído e, portanto, uma ameaça ao próprio Estado de Direito. Que fique a mensagem: as forças de segurança pública do DF não tolerarão tais espécies de afronta. A resposta sempre será imediata e severa”, disse André Leite, delegado à frente da Corpatri.

A autoridade policial pediu à Justiça a prisão preventiva dos envolvidos.

Últimas notícias