Rapaz faz arrastão, é contido por populares e encontrado morto no DF

Polícia suspeita de morte natural, uma vez que o corpo do suspeito de 22 anos não tinha sinais de espancamento

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 18/02/2019 14:06

Um jovem de 22 anos morreu após fazer um arrastão na manhã desta segunda-feira (18/2), na Quadra 104 de São Sebastião. Uma das vítimas chegou a ser agredida e gritou por socorro. Isaque Alves da Cunha tentou fugir com o celular da mulher, mas acabou contido por três homens, que ligaram para a Polícia Militar.

“Quando chegamos, íamos algemar o suspeito, mas ele já estava gelado e sem sinais vitais. O corpo não apresentava marcas de espancamento”, explicou o subtenente da PM Altair Gonçalves. O jovem tinha passagens por roubo e estava em prisão domiciliar pelo mesmo crime.

A mulher agredida foi encaminhada em estado de choque para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Sebastião. Depois, a vítima e as testemunhas foram levadas para a 30ª Delegacia de Polícia, localizada na mesma região administrativa, que investiga o caso.

“Colhemos os depoimentos e iremos apurar o que de fato aconteceu. Nesse primeiro momento, acreditamos que ele teve um ataque e morreu por causas naturais. No entanto, aguardamos a conclusão do laudo para prosseguir com as investigações”, explicou o delegado-chefe da 30ª DP, Maurílio Rocha ao Metrópoles.

Últimas notícias