*
 

Uma associação criminosa foi alvo da Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (8/6). Os investigados são suspeitos de furtar combustíveis de caminhões-tanque que eram propriedades da transportadora na qual eles trabalhavam, no Guará.

Foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e seis de busca e apreensão.

A investigação conduzida pela Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) durou dois meses. Os suspeitos, segundo a PCDF, vendiam o combustível a pequenos comerciantes, a preços mais em conta.

De acordo com a PCDF, no período, eles desviaram cerca de 10 mil litros de combustível. Para não chamar a atenção, retiravam 100 litros de cada caminhão e colocavam em galões. Cada veículo sai da transportadora com cerca de 15 mil litros para distribuir aos postos.