PM fecha laboratório de ecstasy e apreende drogas sintéticas no DF

Local para produção do entorpecente funcionava na QNR 2, em Ceilândia. Dupla foi presa suspeita por abastecer diversas regiões da capital

Divulgação/PMDFDivulgação/PMDF

atualizado 13/07/2019 11:18

Dois homens foram presos, um de 18 e outro de 24 anos, por tráfico de drogas, por volta das 20h desta sexta-feira (12/07/2019), na QNR 2, em Ceilândia. Eles são suspeitos de produzir comprimidos de ecstasy e abastecer a região e outras cidades do Distrito Federal com diversos tipos de entorpecentes.

Policiais militares do Batalhão de Motopatrulhamento Tático (Gtam) receberam denúncia anônima sobre um laboratório que funcionava no endereço e produzia as drogas.

No local, um motociclista foi abordado quando saía da residência. Na mochila dele, foram encontrados alguns comprimidos, possivelmente de ecstasy, e algumas porções de substância análoga a maconha.

A equipe apreendeu 900 selos de LSD, 270 comprimidos de arrebites, duas pedras de metanfetamina, 200 gramas de skunk, além de diversos comprimidos de ecstasy, além de insumos e maquinário para a fabricação da droga.

Cerca de R$ 4, 5 mil, em dinheiro, também foram localizados e apreendidos pelos policiais. A Polícia Militar do DF (PMDF) estimou prejuízo de aproximadamente R$ 40 mil aos traficantes.

Os dois suspeitos foram conduzidos à 24º Delegacia de Polícia (Setor O), responsável pelas investigações.

Últimas notícias