Criança morre no DF ao ser baleada com tiro na cabeça

Segundo informações preliminares da polícia, homens passaram em um carro preto e atiraram contra um rapaz e a menina

Rafaela Felicciano/Metrópoles/Foto ilustrativaRafaela Felicciano/Metrópoles/Foto ilustrativa

atualizado 21/05/2018 23:45

Uma menina de 6 anos morreu, segundo a Polícia Militar, após ser baleada na QNO 18 de Ceilândia na noite desta segunda-feira (21/5).

A criança, chamada Maria Eduarda Rodrigues de Amorim, estava com um irmão quando foi alvejada na cabeça e no tronco. De acordo com a PM, Marcos Rodrigues de Amorim, 19 anos, foi atingido na perna.

Testemunhas relataram que os autores dos disparos passaram em frente à residência das vítimas em um Voyage preto. Ao avistarem Marcos, começaram a atirar.

Baleados, os irmãos foram encaminhadas ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC), onde a menina morreu.

Guerra de gangues
É a segunda morte na região em menos de 24 horas. Por volta das 21h30 desse domingo (20/5), um adolescente de 17 anos foi morto a tiros na frente da irmã, de 12, em uma parada de ônibus na QNO 17. A vítima não possuía passagens pela polícia e teria morrido, segundo investigadores, em razão de uma guerra entre gangues na área.

De acordo com informações dos agentes, o garoto esperava um ônibus na parada, em companhia da irmã, quando foi abordado por dois homens, ambos de bicicleta. Os suspeitos teriam perguntado ao rapaz se ele estava envolvido na guerra existente entre os moradores da QNO 17 e da QNO 18.

Mesmo após negar qualquer envolvimento na disputa, o adolescente foi baleado ao menos quatro vezes. Um dos disparos atingiu a cabeça do jovem, que morava com a família na QNO 16.

Até a última atualização desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso.

Últimas notícias