Pedreiro é esfaqueado e morre a caminho do trabalho

A principal linha de investigação é de que Lindomar Pereira tenha sido vítima de latrocínio quando passava próximo ao Taguaparque

Mirelle Pinheiro/Metrópoles

atualizado 22/06/2018 18:35

Investigadores da 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires) estão nas ruas para prender os autores do assassinato de um pedreiro de 45 anos, ocorrido na manhã desta sexta-feira (22/6), na Colônia Agrícola Samambaia. A principal linha de investigação é de que Lindomar Pereira da Silva tenha sido vítima de latrocínio. Ele foi esfaqueado quando seguia para o trabalho.

Nesta sexta, o pedreiro saiu de casa mais cedo: segundo familiares, queria adiantar o trabalho para ver o segundo jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2018. Por volta das 6h, quando passava a pé pela Avenida Misericórdia, próximo ao Taguaparque, Lindomar foi abordado por bandidos, que o esfaquearam.

A vítima caiu um pouco adiante, já próximo de uma distribuidora de energia da região. O trabalhador morreu no local, antes de ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

De acordo com o delegado-chefe da 38ª DP, Watson Warmiling, policiais estão trabalhando para localizar os autores. “Não podemos, ainda, revelar os detalhes, mas tudo se encaminha para o caso ser solucionado com rapidez”, resumiu.

 

Últimas notícias