PCDF prende homem acusado de estuprar prima de 12 anos em 2015

Quatro anos depois, suspeito foi detido na manhã desta quinta-feira, em uma fazenda de Planaltina, onde trabalhava ordenhando vacas

atualizado 31/10/2019 10:53

Divulgação/PCDF

Agentes da 23ª Delegacia de Polícia (P Sul) prenderam um homem de 25 anos, foragido da Justiça, acusado por estupro de vulnerável em 2015. A vítima é uma criança que, à época do crime, tinha 12 anos. Ela é prima do suspeito.

O 2º Juizado de Violência Doméstica de Ceilândia expediu mandado de prisão preventiva. De acordo com informações da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o homem é natural da Bahia. Na ocasião, ele havia chegado no DF para realizar alguns exames e ficou hospedado na casa de familiares.

As denúncias apontam que ele praticou sexo com a prima de 12 anos, à noite, enquanto a criança dormia. “A menina pediu para que ele parasse com os abusos, mas ele continuou. Depois, fugiu para a Bahia e ficou foragido desde então. Há seis meses, retornou para o DF”, conta o delegado-adjunto da 23ª DP, Mauricio Lacozzilli, responsável pelas investigações.

Em Planaltina

Ainda segundo Lacozzilli, o homem, que tinha 21 anos quando abusou sexualmente da menina, foi preso na manhã desta quinta-feira (31/10/2019), na fazenda Toca da Raposa, em Planaltina. Lá, ele trabalhava ordenhando vacas.

“Ele não tem passagens e negou as acusações. Disse que a menina queria e ele não, mas o exame do IML deu positivo. A prisão dele é preventiva. Caso seja condenado pela Justiça, pode pegar até 15 anos de reclusão”, concluiu o delegado.

Últimas notícias