No DF, homem de 28 anos é levado ao hospital após levar tiro na coluna

Uma hora antes, mulher levou um tiro na cabeça e morreu nas proximidades de uma igreja evangélica localizada em Ceilândia

atualizado 15/07/2020 7:57

A noite de terça-feira (14/7) e a madrugada desta quarta (15/7) foram violentas em Ceilândia. Em intervalo de uma hora, duas pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo na região administrativa.

Às 0h19, um homem identificado como Erivan da Silva Gonçalo, 28 anos, foi transportado ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), após levar um tiro na coluna, em frente à Fundação Bradesco.

Mais cedo, por volta das 23h15, uma mulher foi executada com um tiro na cabeça. O caso aconteceu na QNM 6 de Ceilândia, nas proximidades de uma igreja evangélica.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado. No entanto, a vítima não resistiu e morreu antes da chegada do socorro. A identidade da vítima ainda é desconhecida.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) esteve no local do crime. Ninguém havia sido preso até a última atualização desta reportagem.

Segundo informações da corporação, a vítima usava tornozeleira eletrônica. Há suspeita é a de que o crime tenha sido motivado por acerto de contas. A 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia) investiga o crime.

0

Últimas notícias